Who are we?

Who are we?

Missão Principal: Contribuir para a construção de uma rede de relações, que promova o resgate da cidadania e o direito da vida digna da população em situação de rua.

 

Axes of Action

A Associação Rede Rua é uma Organização da Sociedade Civil (OSC), entidade beneficente, sem fins lucrativos que atua desde 1991. Nossa missão é contribuir para a construção de uma rede de relações, com o intuito de promover o resgate dos direitos à vida digna da População em Situação de Rua.

A Promoção Humana: visa prestar assistência social aos excluídos e buscar alternativas para solução dos problemas de subsistência, moradia, trabalho e defesa de direitos. Sensibiliza a sociedade para estes problemas, facilitando o intercâmbio com outras organizações que possuam os mesmos objetivos e atua promovendo atividades de relevância pública e social.

A Comunicação, Educação e Cultura: Visa documentar e construir a história de vida de luta dos grupos excluídos e suas organizações. Somar forças e ampliar a divulgação e denuncia com outras organizações. Colaborar na organização de eventos e projetos culturais e educacionais. Produzir e incentiva a criação de veículos de comunicação de acordo com as exigências legais e atender aos grupos excluídos.

A Articulação social: visa somar e contribuir com a organização e articulação dos grupos dos excluídos. Realizar ou participar de eventos para a promoção e reflexão de políticas públicas que contribuam para o avanço da cidadania e inclusão social.

History

In 1989, Arlindo Dias (SVD), Lenir Albuquerque and Alderon Costa proposed the creation of a service that would attend to the homeless population, and in effect created a Centre for the Documentation and Communication of Marginalised People (CDCM), which was initially located in the church tower at Bom Jesus do Brás.

In 1990, Rede Rua signed its first agreement with the Municipal Government of São Paulo (PMSP), with the purpose of being loaned the legal entity of the Parque Fernanda Social Centre.

In 1998 the CDCM was revised and certain projects were broken down. From this moment on, the civil entity with the name Associação Rede Rua que foca, neste momento,  prioritariamente, nos trabalhos de comunicação e assessoria. Cria-se, portanto, uma ideia de rede para evocar aos trabalhos de pequenos grupos, interligados de alguma maneira, em busca de uma sociedade diferente.

The first project that was developed by Rede Rua was the newspaper O Trecheiro – Notícias do Povo da Rua. The newspaper sought to play its part in condemning the innumerable situations of exclusion and violence experienced by homeless people. As an instrument in favour of this population and recognised by them.

A Rede Rua também continua prestando serviços de assistência social com o Núcleo de Conivência com Restaurante Comunitário (conhecido com Penaforte), que oferece cerca de 500 refeições diariamente e o centro de acolhida para adultos Pousada da Esperança que acolhe para pernoite e serve jantar e café da manhã diariamente para cerca de 150 pessoas e a Chapelaria Social, que oferece 80 vagas para guarda de bagagens pessoais, para além das bagagens, o projeto atua como uma casa de convivência, onde são realizadas atividades coletivas e oficinas de geração de renda, serve de referência de endereço para que a população ali atendida tenha um endereço fixo para recebimento de correspondência.